sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Ciclo interminável


Não diga que o que passou não importa

Não diga que o amor nunca foi nada

Não diga que a espera só foi um sonho

E que a realidade foi mais dura do que pensei

Não me lembre dos meus erros, eles me assombram o tempo todo sem precisar de lembretes

Não chores e me diga que quer voltar

Pois posso ceder.

Não quero cometer os mesmos erros

Não quero sentir sua falta

Não quero viver tudo que eu vivi novamente

Na realidade tudo que eu queria era poder recomeçar

Recriar a história e mudar seu fim

Reconstruí-la diversas vezes

Mas eu não posso, não posso desfazer o passado

Não posso recriar meu futuro

Nossa história juntos não tem um fim

Pois quando o fim chega vem um novo começo que nos leva pelo mesmo caminho outra vez

Um destino que não posso escolher

Um destino que não posso controlar

Um mundo perfeito que dissolve em minhas mãos.

Bjs
MaNa
P.s: Poema inspirado em uma história que estou fazendo!

Um comentário:

Isa disse...

Que lindoo amg!!! Como sempre meloso, tinha que vim de você né? Bjs fofa! :D Não esqueça de visitar o meu viu?